quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Avesso

                Eu, no avesso de mim, ao contrário, do lado inverso de forma inevitável. A contagem está regressiva para viver a realização do sonho... O dia feliz, de alegrias e do milagre lindo que vamos viver – Caio, nossas famílias e eu – mas a vida tem umas surpresas reservadas no caminho. Tô contraditória porque quando eu deveria estar mais feliz na verdade vivo um luto que dói demais. Luto consciente de dor e saudades de alguém que foi tão importante na minha vida, que influenciou meus sonhos e que acreditou nas minhas escolhas.
                Quando eu era pequena, se fazia algo errado e percebia que meu avô ia ficar bravo comigo tinhas as palavrinhas mágicas que ele mesmo me ensinou: “Vô! Esqueceu que eu sou sua companheira?” ... Pronto ele se derretia e nem deixava me darem bronca. Eu cresci e essas palavrinhas continuaram resolvendo qualquer situação que poderia existir entre nós... Menos uma: a morte. Dessa vez ele não ia me ouvir, as coisas não iam se arrumar.
                Muitos abraços, ligações e mensagens de pessoas queridas tocaram meu coração e o próprio Espírito Santo tem me consolado a cada instante... Mas é difícil não pensar nele, dói imaginar que ele não vai me ver vestida de noiva, nem me dar aquele abraço gostoso e aquele beijo melado. Que saudades, como eu queria ele lá, falta tão pouco. Egoísmo, eu sei, sei mesmo, como me lembrou uma amiga, estar com Cristo é infinitamente melhor.
                Sou grata a Deus por ter abreviado o sofrimento dele, sou grata a Deus por tudo que meu vovô viu, conquistou, sou grata pela salvação, por estar lá no dia do batismo dele. Deus é maravilhoso e sou grata por tudo que Ele fez, sei que foi o melhor, apenas sinto muitas saudades.
                É muito bom e muito difícil ver as fotos do meu Zé, que na verdade se chamava João, mas eu o chamava de Zé, coisa nossas... Mais uma de tantas coisas nossas. Meu português que quando começou com o alzheimer me perguntava várias vezes explicações das mesmas passagens da Bíblia, eu sempre expliquei, meu Zé que gostava demais de uma praia, amava o mar e tinha tanto orgulho de mim... Me pego em pratos agora e tantas outras horas do meu dia, sei que vou seguir, preciso seguir. Sei que vai ficar tudo bem. Sei que essa vida na terra é passageira. Sei que ainda vou encontrar com ele. Sei que o Espírito Santo não deixará de nos consolar.
                Nunca, nada na minha vida doeu tanto assim, mas eu vou seguir e sair do meu avesso, vou voltar pro meu lado direito e vou estar feliz no dia feliz, sei que ele iria preferir assim. Eu vou conseguir, confiante nas Palavras que Deus nos diz!
 
Porque convém que isto que é corruptível se revista da incorruptibilidade, e que isto que é mortal se revista da imortalidade.
E, quando isto que é corruptível se revestir da incorruptibilidade, e isto que é mortal se revestir da imortalidade, então cumprir-se-á a palavra que está escrita: Tragada foi a morte na vitória.
1 Coríntios 15:53-54
 Não quero, porém, irmãos, que sejais ignorantes acerca dos que já dormem, para que não vos entristeçais, como os demais, que não têm esperança.
Porque, se cremos que Jesus morreu e ressuscitou, assim também aos que em Jesus dormem, Deus os tornará a trazer com ele.
1 Tessalonicenses 4:13-14

Nenhum comentário:

Postar um comentário