quarta-feira, 29 de setembro de 2010

O Tempo - vagarosamente rápido

         Gosto [muito] do novo rumo que a vida tomou, de quem sou, de quem são os que estão por perto. Há tempos que não vivia tanto, aliás, nem sei se eu já tinha vivido tanto assim. Me tornei mais crítica, mais alegre, mais light, mais séria, mais brincalhona... paradoxo? Sim, me tornei assim também... Respiro fundo mais vezes ao dia, penso mais antes de reagir, penso menos antes de agir.
         A vida passa e se a gente não segue em frente, e vive a vida, ela atropela a gente... tem coisa que não dá pra esperar, que não dá pra deixar prá lá. Mas também fiz as pazes com o tempo e não tenho pressa pra chegar. Aliás, o que é o tempo? Tenho o imaginado com T maiúsculo, afinal, quem determina meu tempo é o grande Eu Sou.
         Tem tempo acabando, tem tempo chegando, tem tempo já aí, bem pertinho, se aproximando, tem tempo novo e tem motivo pra esperar o tempo... É lá que tá, mas às vezes eu não to nem aí, porque se o meu tempo pertence ao Tempo não sou eu quem vai decidir... vou aproveitar, porque na verdade estou nessa vida a passeio, também.
         Sabe onde vai dar? Lá... lá onde tem que dar, é só deixar rolar, curtindo vagarosamente o tempo rápido... na verdade, tempo que passa horas lentamente, melancólico até, horas fugaz, ágil demais... O que importa é tê-lo, o tempo, como nosso aliado... porque ainda um poucochinho de tempo, e o que há de vir virá e não tardará (Hb 10.37).

quarta-feira, 15 de setembro de 2010

Às Vezes


Tá meio cheio ou meio vazio? Às vezes
 depende do jeito da gente olhar

      Colocando a casa em ordem, desfazendo do que não é mais necessário, retomando projetos, vivendo novos sonhos, mirando o alvo! Essa sou eu de hoje. Às vezes temos que nos desfazer de algumas coisas, às vezes temos que nos afastar de algumas pessoas, às vezes temos que nos mudar... de lugar, de ambiente, de casa, de pensamentos... às vezes temos que sintonizar outra estação, por que? Porque às vezes temos de mudar e ponto.
      Às vezes temos que retomar projetos... projetos importantes, especiais, projetos bobos, pessoais, que fazem bem e que deixamos pra trás, e por que deixamos? Por outros [projetos, ou pelos outros mesmo], por falta de tempo, por bobeira nossa.
      E às vezes é hora de virar a página e viver novos sonhos, digo viver porque sonhar é bom, mas viver os sonhos é o que há! Bom demais... Gosto da ausência que há em mim de quem eu era, gosto de lembrar o passado, que está todo aqui, mas já nem faz mais parte de mim, pra perceber o que aprendi. E aprendi de mim, dos outros, aprendi de ser, aprendi de não ser, aprendi, mais um pouquinho, a viver.
      A vida é deliciosa... mesmo com as dificuldades diárias, porque cada obstáculo vencido dá mais garra, mais gana, mais paz. É bom não desistir, é bom aproveitar tudo o que há na vida, e como é bom fazer novos planos. Me responda: já parou pra viver um pouco? Vivemos essa nossa vida tão no automático que nem paramos pra viver... Aproveitar o caminho, a paisagem, as pessoas, os acontecimentos e até as desventuras. Questionar quem somos ou queremos ser também é bom, saber o que se espera da vida ajuda a mirar certo e seguir a estrada correta.
      E desde que desfiz, retomei e ousei tá tudo bem melhor. Tenho gosto de passear por aqui, nesse meu lado do jardim, que foi branco e preto e já esteve quase sem flores, já passou por inverno, secas e até furacões... hoje a primavera, que traz luz, cor e lindas flores, é constante. Às vezes algumas raposinhas tentam invadir as plantações, mas já sei como lidar, quando não, fico de olho, porque aprender novas lições faz bem também.
      Tô vivendo, tô feliz, to confiante, tô aqui, em mim, como não estava antes. Tô aproveitando essa vida, com as pessoas preciosas que tem feito meu mundo, que já [ingenuamente] foi cor de rosa, com muito mais cores... amo muito, e tanto que nem dá pra explicar. E o desafio da vez, pra essa vida da gente é experimentar algo novo, é viver, então... é hora de colocar casa em ordem, desfazer do que não é mais necessário, retomar projetos, viver novos sonhos! Bóra viver que senão a vida passa batido.

sábado, 11 de setembro de 2010

*Impactante...

video

      Não importa o que tente nos afastar de Seu amor... dinheiro, prostituição, drogas, farra, fama, vaidade, depressão... há um Deus que luta em nosso favor e que é mais forte que tudo isso... creia, avance... o mundo espiritual não é de brincadeira... ele é real!

quarta-feira, 1 de setembro de 2010

A gente consegue

Por que me chamais, Senhor, Senhor, e não fazeis o que vos mando? Lucas 6:46
      De que adianta falarmos que servimos a Deus da boca pra fora? Que diferença faz falarmos algo com os lábios e demonstrarmos algo diferente com nossas atitudes? É.. na hora da dificuldade sabemos exatamente a quem clamar, a quem buscar, em que porta bater, mas é aí, o que será que Ele irá nos falar nessa hora? Será que ao avaliar quais têm sido nossas atitudes o Senhor vai constatar que não estamos fazendo aquilo que Ele nos manda?
      Sabe gente, de Deus não se zomba, não se escarnece, tudo o que plantarmos vamos colher, sejam boas ou más plantações... não devemos ficar observando ao nosso redor, julgando a vida dos outros e reclamando porque quem age fora da Palavra é bem sucedido, quem conhece o coração é Deus dos ímpios deixe que Ele cuide, no tempo oportuno. Se preocupe mais com você, com as suas atitudes diárias.
Não vos enganeis, de Deus não se zomba, pois tudo o que o homem semear, isto também ceifará". Gálatas 6.7
      Será que temos feito o que o Senhor nos manda, será que estamos agindo de acordo com a Palavra? Se não, devemos puxar o freio de mão... é momento de se arrepender, pedir perdão e voltar a cabeça no lugar. Aí é só retornar e começar de novo*... que bom será se clamarmos: “Senhor, Senhor”, e Ele nos observar dizendo: “aí está quem faz o que eu mando”.
Lembra-te, pois, de onde caíste, arrepende-te e volta à prática das primeiras obras;
Apocalipse 2.5
      E quando falo sobre não fazer o que Ele manda não digo somente sobre o pecado, falo também sobre sua chamada em especial, a missão que Ele falou com você. O que você tem feito? Tem colocado os planos de Deus para sua vida em prática? Se você ficar observando as adversidades, se ficar alimentando o medo... nunca vai sair do lugar. Certamente você, assim como eu, já brincou de corda, sabe quando duas pessoas ficam batendo a corda pra você entrar e começar a pular? Então, quando criança, eu nunca conseguia, ficava olhando aquela corda batendo forte no chão, com velocidade... toda hora ameaçava que ia, o corpo todo chegava a querer se mover, mas meus pés não saiam do lugar, eu tinha medo... trazendo para nossa vida, se ficarmos de fora analisando os contras, nunca vamos agir... está escrito
Quem observa o vento nunca semeará, e o que olha para as nuvens nunca segará.
Eclesiastes 11: 4.
      Não olhe as circunstancias, não olhe o contra fluxo, não olhe os homens, já brincou de tiro alvo? Para acertar o centro, que vale mais pontos e é o alvo real, você tem que errar todos os outros círculos maiores ao redor, então nosso alvo é Jesus, parar acertamos temos que mirar bem, para mirarmos em Jesus temos que tirar nossa visão dos círculos ao redor – medo, escândalos, homens, injustiças, pecado – para acertamos o alvo temos que errar todo o resto, isso fazemos com a fé. Que você possa praticar a fé e crer no invisível, sem temer nada e ninguém, como fez Moisés:
Pela fé, ele abandonou o Egito, não ficando amedrontado com a cólera do rei; antes, permaneceu firme como quem vê aquele que é invisível. Hebreus 11.27
     Eu sei que a gente consegue!