terça-feira, 11 de outubro de 2011

Passos de Hoje

Acho que o problema são os passos... Nos passos de sempre percebi os passos de todo dia com a esperança de passos futuros e com a preocupação de não caminhar os mesmos passos errados de outrora. Eu quero passos de paz, passos de alegria, passos de certeza, passos largos, passos curtos, passos rápidos, passos lentos. Como saber qual o melhor passo, qual o passo certo para o momento?
Ai ai... Meu céu, meu jardim, parece inverno apesar da primavera, céu nublado, mas mesmo assim me faz bem.
Intensidade, calmaria, estabilidade, instabilidade contradições de mim. Qual é o problema? Ter problema é um problema? Sei lá... E os passos, como estão meus passos? Passos lentos, sem vontade de chegar, passos rápidos pra nem ver passar? Olhos abertos, bem abertos, ou fechado e apertados? Suspiro fundo, um bocejo, porque o incerto faz ansiar mas também é a esperança de dar tudo certo?
As vezes só, as vezes tão só, as vezes é assim que preciso ficar. As vezes sentido o vento frio. As vezes percebendo olhares de fúria ao meu redor... Deus, cuida de mim? Sim, e Ele faz comigo como fez com seu povo:

Achou-o na terra do deserto, e num ermo solitário cheio de uivos; trouxe-o ao redor, instruiu-o, e guardou-o como a menina do seu olho.
Deuteronômio 32:10

Nenhum comentário:

Postar um comentário