sábado, 1 de janeiro de 2011

O que [quase] ninguém sabe

         O que [quase] ninguém sabe sobre mim... é tanta coisa e fazendo uma retrospectiva do ano todo é realmente muita coisa em mim. O que quase ninguém sabe de mim é que tive o pior ano da minha vida e concluo dizendo que esse foi o melhor ano de todos... confuso? É... foi bem assim esse ano que vivi.
          Comecei com um fim, que ainda demoraria muito pra terminar totalmente, comecei conhecendo quem faria o ano todo e tantas lutas valerem a pena, comecei valorizando ainda mais quem merece o maior valor, comecei percebendo com quem eu realmente poderia contar... e fui começando recebendo notícias boas e ruins, com surpresas, com mentiras e com verdades, comecei descobrindo algo novo dentro de mim.
         Foi incrível ver que família é família e nunca deve ser trocada, foi bom perceber que não sou tão boa como pensava pra reconhecer quem mente, foi bom conhecer alguém que trocou o branco e preto por um colorido lindo, foi bom deixar o sono de lado e passar noites em claro jogando conversa fora, jogando imagem e ação, rindo tanto que nem cabia em mim. Foi bom me perder, foi melhor ainda me achar, foi bom descobrir toda a verdade.
         Foi ruim ter sido enganada, julgada, foi ruim ver que não dava pra contar com um tantão de gentes, foi ruim quando mais ou menos na metade do ano, depois de bombardeios que eu não conseguia entender, a médica disse que provavelmente eu estaria com algo muito sério como um tumor no cérebro.
         Foi estranho nesse momento ver que quem eu achei que me amava nem ligou, foi estranho sentir medo com certeza de que tudo ia dar certo, foi estranho fazer tantos exames, sentir tantos sintomas e ter que estar bem todos os dias.
         Foi um alívio ver que Deus me defendeu de quem se levantou contra mim, foi um alivio ver que amigos verdadeiros existem, foi um alívio ver tudo dando certo entre a gente, foi um alivio ver que o diagnostico medico na verdade era stress.
         É, há coisas que quase ninguém sabia... e há coisas que ninguém sabe, há coisas que não cabe a ninguém saber... o que importa nisso tudo é ver o quanto aprendi nesse ano bom, e concluir que temos que usar tudo o que nos acontece, de bom e de rui, pra crescer nessa vida... “Quando eu era menino, falava como menino, sentia como menino, discorria como menino, mas, logo que cheguei a ser homem, acabei com as coisas de menino. (!Co 13.11)” ... não posso dizer que não sou mais menino e já homem mas vou seguindo rumo ao alvo, vou chegar lá. E o que virá esse ano novo, o que me espera, o que irei aprender, o tanto que irei rir ou chorar, as experiências e os sonhos que irei [ou não] realizar só vou saber vivendo, então bóra lá. Te encontro pela vida, um feliz 2011.

8 comentários:

  1. Nossa , que susto vc me deu com esta história de médicos e exames .. nossa quase tive um treco em frente ao computador e se não terminasse de ler seu texto já estaria chorando ... nossa que susto !!
    Mas espero que steje bem viu , e apesar de tocas essas barreiras que aconteceram com vc em 2010 um ano novinho estpa vindo , branquinho , branquinho .. pronto para vc deixar neles suas impressões e suas histórias ..
    Pois vc merece ser muito feliz ..
    Tô com saudades viu amiga ..
    bjinhusss e saiba que pode contar comigo .. mesmo de longe .. estarei sempre pensando em vc .. ahh e te acompanho da TV .. chic eim .. heheh
    bjinhuss e FELIZ 2011 PARA TI E QUE DEUS ESTEJE SEMPRE COM VOCÊ ...

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. "Respeito muito minhas lágrimas, mas ainda mais minha risada", a música não é das melhores, mas esse trecho vale a pena. (É uma música do Caetano)
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  4. Eu sabia que acontecia alguma coisa nessa época dos médicos...até não queria fazer minhas provas da escola...E Alguem me falou que estava tudo bem né Dona Jacq...rsrsrsrs..Borncas agente deixa pra depois..=)..Graças a Deus agora esta tudo bem... =) ..Que 2011 seja repleto de bançãos..=)..Bjos

    ResponderExcluir
  5. Quem te assistia,não imaginou que vc passou por tantos problemas.
    Sua serenidade em nenhum momento deixou transparecer.

    ResponderExcluir
  6. Garota, você é 10. Jesus é insuperável, mas você é 10. Valeu pela demonstração de perseverança e pelo otimísmo na medida certa, sem presunções exacerbadas e com o coração humilde, pés no chão mas a cabeça no Céu. Medo, quem não têm atire a primera pedra. Até nosso irmão Davi têve, oras pois, pois, quem dirá de nós. He, he, he, jóia, jóia, gostei. Tudo de bom para com você e com os seus outros seguidores no Twitter. Abraços. Luis

    ResponderExcluir
  7. outro dia estava vendo seu progama com a minha mãe e comentei com ela a mulher fantastica que vc seria ,e estava certo vc é fantástica uma "mulher maravilha"acho que 2010 ñ foi bom pra todo mundo.mais 2011 será bem melhor vou colocar na minha lista de prioridades te conheceresse ano!beijo e tenha um bom ano!!

    ResponderExcluir
  8. Mas é isto mesmo que Deus espera de nós. Que sejamos o que somos, humanos, sujeitos à todas as adversidades e alegrias da vida, mas em todo momento ciente de que servimos a um Deus que nos guarda daquelas e nos proporciona estas. O melhor de tudo: saber que nosso tempo aqui é passageiro, e que um mundo novo iluminado pela glória de Deus será a morada final de todos os salvos. Maranatha!

    ResponderExcluir