sábado, 9 de abril de 2011

Eu, de hoje

     De mim, de hoje, dos últimos tempos: Sim, vivo em paz... Como chocolate, evito refrigerantes, rio de piadas sem graça [quando entendo de primeira], gargalho de bobagens, choro com o noticiário e as desgraças alheias – que nem são tão alheias assim – desejo ardentemente contribuir para um mundo melhor para os outros, pra quem amo, pra quem nem conheço, pra mim. Tenho que aprender a praticar a arte de abstrair e me abstrair, tenho que desapegar – de pessoas, de situações, de coisas – tenho que desvalorizar – parar de me preocupar com o que nem importa mais, ou nunca deveria de ter importado – tenho que somar, tenho que me apegar ainda mais, tenho que valorizar... Quero menos, quero muito mais. Paradoxo? Como a minha vida deve ser.
Sem mais.
Eu, de hoje.

3 comentários:

  1. parabéns pela postagem!!
    Deus siga abençõando vc Jacq!
    sempre aprendo mais, quando escuto tuas msgs,tanto pela tv ou pela internet!
    bejos..Deus a abençõe!

    ResponderExcluir
  2. Oii!Jacq!
    Faço minhas as palavras do Sandro, acima...
    Vc nem imagina o qnto Deus já falou comigo, através da tua vida, em uma pequena palavra de no maximo 5 min...
    Continue sempre nesta direção, sendo um canal de benção para mtas vidas, pois a graça de Deus é algo visivel em vc!!
    Te desejo do fundo do meu core...o melhor de Deus para vc!bjusss

    ResponderExcluir
  3. Olá! Gostei muito da postagens. Quando puder visite meu blog e siga-me. Estou aqui no seu. Não é uma troca, fique se gostar. Beijos.
    http://mulhercontemporanea-lu.blogspot.com/

    ResponderExcluir